NOVIDADES

9.12.16


Resenha Duna

Muito antes das intrigas políticas de Game of Thrones e as contentas entre Stark e Lannister, existia uma história de uma briga entre duas casas Harkonen e Artreides uma briga que envolveria todo o império, uma briga pelo controle da mercadoria mais importante do Universo conhecida com “Spice” (Terrivelmente traduzida como Tempero ou Especiaria – se bem que a segunda agrada mais), o Spice ou Melange como é conhecida pelos habitantes do planeta de onde ela se origina é o que possibilita as viagens interestelares.Uma mistura de mitologias, um tratado de economia, religião, ciência, filosofia, assim é Duna.
A Casa Atreides e a Casa Harkonnen são grandes rivais e estão o tempo todo em conflito, planejando conspirações umas contra as outras. Os Atreides vivem em um planeta como a terra, chamado Caladan, rico em água, com rios, mares e tempestades; governado pelo grande Duque Leto Atreides, mas a pedido do imperador se mudam para o Planeta Arrakis, um planeta desértico, mas que contém a Especiaria (alguma semelhança com os países do oriente médio e seu principal produto Petróleo não é mera coincidência), O planeta Arrakis é um planeta formado por um grande deserto e, consequentemente, sofre com a falta de água, antes do Duque Leto e sua família se mudarem para Arrakis, ou Duna como é conhecido por seus habitantes os Fremmen, o planeta era governado com mãos de ferro pelo sobrinho do Barão Harkonem, que apenas visava o lucro gerado pela especiaria e o poder que o mesmo proporcionava. (Não vou ficar falando muito sob o risco de dar grandes spoilers na história).
A história é construída sem pressa, tudo é explicado e as explicações são palpáveis e não meras explicações sem pé nem cabeça só para justificar atos extraordinários. Possui uma linguagem pautada predominantemente na política e na economia e os diálogos são recheados de sarcasmos que normalmente vemos em debates políticos entre os candidatos principais. Esse não é um livro, infelizmente ou felizmente, para todos os gostos, a escrita é diferente e não é coloquia.l Além disso, requer uma leitura mais calma e com mais atenção, já que é um mundo complexo e com sutilezas que, se você ler com uma atenção não muito focada, vai acabar perdendo alguma explicação importante.
Duna não é um livro fácil, a leitura é densa, arrastada o que pode desanimar leitores iniciantes, mas é um dos clássicos do gênero de Ficção Científica, porém infelizmente as adaptações cinematográficas que fizeram do mesmo não fazem jus a grandiosidade da obra, fique apenas com o livro ou se forem ver os filmes veja-os sem nenhuma ambição de encontrar fidelidade ao livro.

Duna é por mim altamente recomendado.

ESPALHA PROZAMIGO:

QUEM ESCREVEU:
\

Post a Comment

 
Back To Top
Copyright © 2014 Armada de Escritores. Designed by OddThemes