NOVIDADES

12.11.16

Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo - Benjamin Alire Sáenz


Angel Aristóteles, ou somente Ari, é um rapaz antissocial, quieto que vive com seus pais em uma cidade pequena, tem duas irmãs e um irmão mais velhos (bem mais velhos que ele). Sua relação com seus pais é um tanto distante, primeiro porque seu pai foi guerrilheiro, os traumas da guerra o tornaram um homem silencioso e afastado, eles se negam a falar de seu irmão mais velho que foi preso a muitos anos, o que acaba criando uma lacuna na relação desta família.
Dante por sua vez já é um rapaz mais espontâneo e alegre, a relação que tem com os pais é aberta e muito carinhosa, e em questão de personalidade, Dante já mais decidido, e mais determinado. Os dois rapazes se conhecem numa tarde lenta e quente de verão, onde Dante começa a ensinar Ari a nadar.
O resto da trama vai ser demarcado por acidentes, mudanças, descobertas e também por algumas enrolações do autor (porque nem tudo são flores).
Os capítulos curtos, formados principalmente por diálogos, fazem com que o livro seja muito fluído e de fácil leitura. A trama basicamente traz algo que está circunscrito na maior parte dos adolescentes que estão realmente começando a viver: “Descobrir os segredos do Universo”, que na verdade é nada mais, nada menos, do que a tentativa de descobrir a si. A fase da adolescência em si costuma ser muito conturbada, onde se começa a busca de respostas. Creio que a temática é excelente, daria para ser um ótimo livro de formação, mas infelizmente parece que faltou alguma coisa, um maior aprofundamento das questões trazidas pelos os protagonistas.
Foi minha primeira leitura com temática LGBT, mas a questão deles serem homossexuais (e de se descobrirem) ficou muito rasa no livro. As tentativas de Ari de descobrir mais sobre seu irmão mais velho ocuparam a maior parte da história e além disso foi maçante e repetitiva.
            Tatiana Feltrin fez resenha (confiram o vídeo aqui) deste livro também, e ela diz que o autor, fez de tudo para fragilizar Ari e Dante, para que tenhamos pena deles, e sou obrigada a concordar, muitas dessas fragilizações foram desnecessárias. A trama tinha um ótimo potencial que infelizmente não foi bem aproveitada.  

Me adicionem no SKOOB!

ESPALHA PROZAMIGO:

QUEM ESCREVEU:
\

Post a Comment

 
Back To Top
Copyright © 2014 Armada de Escritores. Designed by OddThemes