NOVIDADES

21.10.16

Ouija - Origem do Mal




 
Depois do sucesso de bilheteria e o fracasso de critica de Ouija - O Jogo dos Espíritos de 2014 dirigido pelo iniciante Stiles White, os produtores do filme resolveram fazer uma continuação e, porque não agradar a todos?   Ouija - Origem do Mal filme de 2016 não é exatamente uma sequencia, trata-se de uma Prequel, a história não tem nada a ver com o seu fraquíssimo antecessor, a não ser pela casa onde ocorreram os tais eventos do primeiro filme. Geralmente, as costumeiras continuações ou pré-sequência de um filme são sempre um desastre, salvo alguns raros exemplos. A história se passa nos anos 50 e conta a história de Doris  uma garotinha solitária esquisita que sofre bullying na escola. Sua mãe é especialista em aplicar golpes em clientes, fingindo se comunicar com espíritos. Mas quando Doris usa um tabuleiro de Ouija para se comunicar com o falecido pai, acaba liberando uma série de seres malignos que se apoderam de seu corpo e ameaçam todos ao redor. O habilidoso diretor Mike Flanagan, do excelente Hush A Morte Ouve de 2014, sabe como criar personagens bem construídos e um clima de tensão crescente sem apelar para sustos baratos, aqui ele trabalhou elementos muito conhecidos de outros filmes do gênero como, Carrie, a Estranha-1976, O Exorcista -1973 e ainda carrega um tom bem juvenil dos filmes de terror dos anos 80.


Se o filme não soa como original ele é pelo menos divertido e assustador na medida certa, há uma certa leveza e fluidez em sua fotografia, marrom/azulada que nos nos deixa confortáveis em momentos onde a família é mostrada e um exagero de vermelho e tons mais escuros nas cenas mais assustadoras, há uma tensão muito sutil e muito bem sugerida nas cenas, essa tensão vai ficando cada vez mais perceptível a medida que a história avança. Destaque para a atriz mirim Lulu Wilson, ele está excelente, numa atuação exagerada e na medida certa. O filme é muito bem executado na medida que você, em alguns momentos tem de esquecer alguns detalhes, os dois primeiros atos são bem amarados , mas é no terceiro ato onde algumas coisas começam a perder o senso  de logica narrativa e o filme ganha um impacto que destoa do resto da história.

 Ouija - Origem do Mal não vai entrar para história do cinema, não se trata aqui de um filme ambicioso, mas também não trata seus espectadores como burros, há muito valor de diversão equilibrado com o terror mais básico que o cinema pode oferecer, em alguns momentos podemos relembra de velhos filmes de terror que assistíamos na TV, decididamente o fator nostalgia esta se tornando um elemento muito presente nos filmes desse gênero, o filme conta com um bom roteiro e uma direção de arte impecável e a trilha sonora é um charme a parte, ela vai de leve e quase que ambiental a ameaçadora e sufocante de um momento para outro. No mais temos um filme que sabe manipular bem o senso de terror dos espectadores sem apelações baratas, mas ao mesmo tempo é leve e engraçado. Até aqui, um dos melhores filmes de terror de 2016. Muito bom.

ESPALHA PROZAMIGO:

QUEM ESCREVEU:
\

Post a Comment

 
Back To Top
Copyright © 2014 Armada de Escritores. Designed by OddThemes