NOVIDADES

25.10.16

Resenha - Do Éden à luxuria livro 1

Do éden à luxuria Vol. 1 (1ª Edição)
Autora : Ananda V.

Resenha - Romance Sobrenatural

Gostei muito do Prólogo... e o fim, a página 13 é fenomenal.

Melissa, a nossa protagonista, era magra, alta, olhos verdes, cabelos longos escuros. Achava-se uma miuda comum. Era uma adolescente e andava no ensino médio. Vivia na pensão da Sra Fernandez. Era muito temperamental e estava sempre a ser suspensa da escola.
A sua melhor amiga era a sexy, loira e com olhos azuis, Megan Collins, "Meggie parecia ter saído de uma edição especial da vogue."
O seu melhor amigo, Daryl era simpático, com músculos e cabelos cor de areia e não se dava bem com Megan, "Ela não o achava bom o suficiente para ser incluso em nosso restrito grupo de amigos."

As duas foram a uma festa no Devil´s Throat, um bar conhecido por sua clientela duvidosa. É nesse bar que ela conhece William, o seu salvador, "Seus olhos eram como revoltosos oceanos, e era fácil se perder em sua imensidão". Ele era muito galanteador.

Na página 22 a autora descreve o céu, de uma forma que eu gostei e bastante, uma obra de arte.

Ananda, o único comentário que eu tenho a fazer à página 24 é "You can leave your hat on".

No livro aparece a frase "Mantenha distância, ou chutarei o seu rabo.", gostei da frase e, como esta, a autora tem mais algumas no mesmo estilo, o que é um ponto a seu favor.

O fim do capitulo 2 é muito bom. Até eu fiquei a pensar como é que aquele personagem soube tal coisa. Eu desconfiei de algo, mas só soube que tinha a certeza mais à frente no livro. Gostei muito do inicio do capitulo 3.

Melissa começou a ter uns desmaios, alguns sonhos estranhos e a ouvir vozes. Tudo envolto em mistério. Que segredos ela esconde? Ou será que nem ela sabe?

A autora vai-nos dando a conhecer diversos personagens : Jason, ex namorado de Megan; Allegra (eu até gostei desta personagem), uma mulher forte e potente; a dondoca da escola, a Chelsea; e quem é aquele Viktor? "É um prazer conhecê-lo, Viktor", gostei dele.

Algures no capitulo 3 há um acontecimento que leva a que Melissa e Chelsea tenham de trabalhar juntas, mesmo se odiando. Adorei o fim do capitulo 3.

De cada vez que a autora faz descrições de William, até tenho pena dele não existir de verdade. 
Parabéns!

Na página 58 a autora mostra-nos um lado da Melissa que eu, particularmente, sou muito adepta, gosto que as personagens femininas sejam decididas.

Gostei muito da página 82 à 89 e li as páginas 97 e 98 mais do que uma vez, por serem intensas as cenas.

Na página 106 novamente uma daquelas descrições de William de tirar o fôlego, adorei, parabéns Ananda, por estas maravilhosas descrições ao longo do livro.

Os capitulos 9 e 10 são dos meus favoritos. Este último tem uma cena intensa no parque e que me conseguiu prender bastante a atenção.

Adorei da página 209 até ao fim do capítulo 17, especialmente a descrição do apetitoso e protetor Daryl. No inicio do capitulo 18 só pensava assim "onde está o Daryl... Meu Deus."

Não posso falar bem de tudo, tenho de ser sincera : Na página 232 aparece um sonho que eu não gostei muito... não achei nada de especial em relação aos outros, que tinham sido perfeitos... mas no fim dessa mesma página, o livro já me voltou a prender. Ainda bem... mas o que é uma página em mais de 400?

Nas últimas páginas do capitulo 21 foi tudo muito tenso. No inicio do capitulo 22 veio-me um sorriso À boca, não vou dizer porquê, Leiam....

Na página 270 tem uma das minhas descrições favoritas do livro. No capitulo 23 também tem descrições que eu adorei... ai o Viktor, gostei mesmo dele.

Que choradeira da minha parte no capitulo 29... aquilo não se faz, Ananda...

Capitulo 31 é um dos melhores... muito tenso e romântico.

Amei o Capitulo 32, até imaginei as cenas, as caras que os personagens iriam fazer, etc...

Página 406, "pedras portuguesas tortas e irregulares"... Já sabias que o livro iria ser lido por uma portuguesa?

Não comento mais nada, já está uma resenha de bom tamanho, espero que não seja muito maçante.

Melhores Trechos
1 - "Os fios delicados pareciam reluzir como ouro em reflexo à luz quente produzidas pelas velas de chamas inconstantes. a jovem tremeu delicadamente, o frio penetrando em sua carne até lamber os ossos."
2 - "Um calor que não tinha relação com o clima invadiu meu peito sem aviso. A sensação cálida enrolou-se por meus braços, eriçando os pelos de minha nuca."
3 - "Sua boca parecia um convite em vermelho, me incitando a saboreá-lo."
4 - "Seu toque derreteu qualquer resistência que meu corpo pudesse oferecer, meus músculos tão maleáveis quanto o creme em suas mãos.



ESPALHA PROZAMIGO:

QUEM ESCREVEU:
\

Post a Comment

 
Back To Top
Copyright © 2014 Armada de Escritores. Designed by OddThemes