NOVIDADES

2.9.16

Resenha: “O Alquimista” de Paulo Coelho



Lembra da época em que você era criança e tinha o sonho de ir ao espaço? Ou, então, de quando você era adolescente e desejava viajar pelo o mundo, conhecer novas pessoas e descobrir novos horizontes? Ou, quem sabe, de quando você queria ser tonar um ator de novela, da rede globo, lembra? É, acho que todos nós já sonhamos com isso, não é mesmo?  Mas o tempo passa, nós desanimamos e começamos a desistir dos sonhos que tivéramos desde a infância, achamos que não iremos conseguir e nos acomodamos com as coisas simples, quando na verdade estamos desistindo de nossa Lenda Pessoal. Em “O Alquimista”, Paulo Coelho, através de suas experiências, apresenta ao leitor um mundo que conspira para que você lute pelos seus sonhos, um mundo de coisas simples, pois são nelas que se encontra a sabedoria. O mundo também tem alma, o mundo possui uma Linguagem Universal (não, não é o inglês) é mais que isso! O mundo por si fala uma linguagem que pode ser entendida por qualquer um, não só homens, mas todos os seres, os elementos, os astros e o próprio Deus.  

O livro conta a estória de Santiago, um homem que tinha uma vida comum, como qualquer outra pessoa normal, mas abriu mão de tudo para poder realizar seu grande sonho: viajar pelo mundo. Santiago torna-se pastor de ovelhas, uma vez que era um jeito eficaz de viajar e trabalhar, pois ganharia dinheiro com a lã das ovelhas, além ainda, de viajar, é claro. Durante sua trajetória, o pastor começa a ter sonhos que o perturbam, já que, por noites, tem visto as mesmas sequências de imagens durante seu sono, e sempre acordava na mesma parte, antes do sonho terminar. Conturbado com a situação, ele procura uma cigana que o diz para procurar um tesouro em uma terra muito distante localizada no continente africano, era o lugar que ele sempre sonhava.

Decidido, o ex-pastor de ovelhas viaja rumo à África. Durante todo o trajeto Santiago aprende coisas importantes, porém simples, coisas que as pessoas não prestavam atenção, mas que lhe havia ensinado um novo jeito de enxergar o mundo.  Meses se passam, ele já está bem próximo do seu destino final, quando é procurado pelo alquimista, que oferece ajudar ao aventureiro, além de provar a ele que, através de suas próprias experiências durante sua busca pela Lenda Pessoal—aquilo que ele sempre teve vontade de fazer—ele havia se tornado uma pessoa diferente das demais.

Embora o livro seja curto, o autor consegue ser bem detalhista, fazendo com que o leitor viaje através de suas narrativas, que não são rebuscadas. Os capítulos, em sua maioria, não são longos e a cada final de um deles, da vontade ler o próximo (foi assim que eu passei a madrugada acordado). Enfim, um livro que vale a pena ser lido.  

ESPALHA PROZAMIGO:

QUEM ESCREVEU:
\

2 comments :

  1. Aee muito boa sua resenha !!

    ReplyDelete
  2. Edson Kazienko do CarmoSeptember 2, 2016 at 11:40 AM

    Muito bom, ótimo resenha continue assim!

    ReplyDelete

 
Back To Top
Copyright © 2014 Armada de Escritores. Designed by OddThemes