NOVIDADES

6.9.16

RESENHA - A GAROTA ONLINE

Garota Online – Zoe Sugg 
Editora: Verus 

Sinopse: Com o nickname “Garota Online”, Penny escreve um blog no qual desabafa seus sentimentos mais íntimos sobre amizade, meninos, os dramas do colégio, sua família maluca e os ataques de pânico que começaram a dominar sua vida. Quando as coisas vão de mal a pior, sua família a leva para Nova York, onde ela conhece Noah, um garoto lindo que toca guitarra, e com quem ela parece ter muito em comum. 
De repente, ela percebe que está se apaixonando — e escreve sobre cada momento dessa história em seu blog, de maneira anônima. Só que Noah também tem um segredo, que ameaça arruinar o disfarce de Penny para sempre. 

"Garota online, saindo do ar xxx" 

 Penny é uma adolescente inglesa desastrada e com poucos amigos. Tudo o que ela quer na vida é ter um grande romance e viver boas aventuras, mas, segundo ela mesma, esse tipo de coisa nunca poderia acontecer. Ou poderia? 

"— Não. Ou sim, mas de um jeito bom. Descobri que a vida é muito melhor se você enlouquecer um pouco de vez em quando." 

 A Garota Online, nick que usa para conversar e desabafar em seu blog, de mesmo nome,  viveu boa parte de sua vida atrás da lente de sua câmera, tirando fotos de tudo aquilo que a encanta, muitas vezes em companhia de seu melhor amigo e vizinho de quarto Elliot, o qual está sempre contanto mil e uma curiosidades sobre a vida. Logo no início da trama, conhecemos também Ollie, um garoto de sua escola por quem Pen tem uma paixonite, e Margot, sua "melhor amiga", que parece sempre se aproximar para atrapalhar ou ganhar algo em troca. 

"— Eu ia perguntar se você não quer me encontrar amanhã na hora do almoço. 
Olho para Ollie e me pergunto se não estou dormindo ainda." 

 Outros personagens da história, que aparecem logo de início são seus pais, um casal muito apaixonado e dono de uma loja que faz casamentos temáticos, e lugar onde a adolescente passa algumas de suas tardes, ajudando no trabalho, e seu irmão mais velho, Tom, com quem ela tem um ótimo relacionamento, apesar de não se mostrarem muito próximos. Confesso que foi um dos meus personagens favoritos, porque consegui reconhecer meu próprio irmão ali, e como sempre fazemos tudo para que o outro seja feliz.  

"— Claro — Elliot responde. Definitivamente, ele é meu irmão de alma." 
"Meu pai se vira e a abraça. Todos nós olhamos para outro lugar. Acho legal meus pais se darem tão bem, não passarem horas sentados num silêncio amargo, como fazem os pais de Elliot, mas as demonstrações físicas de afeto às vezes são um pouco constrangedoras." 

 Dois incidentes infelizes acontecem na vida de Penny, e acabam sendo as responsáveis por mudar a vida dela por completo. Primeiro ela sofre um acidente que acaba deixando-a traumatizada, o que ela tenta, em vão, esconder dos amigos e família; e o segundo é um pequeno acontecimento durante a apresentação de uma peça de teatro na escola, ao qual ela participou como fotógrafa da mesma, e que faz com que todos comecem a fazer cyberbullying com a menina. 

"Parada sobre as pedrinhas molhadas, olho para o mar e espero até que as ondas, que quebram na praia e voltam para o oceano, devolvam ao meu coração o ritmo normal." 

 Ao mesmo tempo em que isso ocorre, os pais dela são chamados para realizar um casamento em Nova York, que seria próximo ao Natal, e, quando ficam sabendo do ocorrido, decidem levá-la, e seu melhor amigo, para que ela possa superar tudo isso em outro lugar. É aí que as coisas começam a mudar. 

"Respiro fundo e sorrio. 
— Acho que vamos para Nova York!" 

 Logo no primeiro dia de trabalho da mãe, Pen decide acompanhá-la nos preparativos, e acaba conhecendo uma doce senhora chamada Sadie Lee, uma ótima cozinheira, e seu neto, Noah, por quem ela se encanta de cara; e aparentemente é correspondida. O romance começa aí, e então podemos ver uma nova Pen, confiante e apaixonada, que acredita que sua vida realmente mudou, e pra melhor.  

"Existem algumas pessoas por quem você se apaixona oficialmente segundos depois de conhecer. Sadie Lee é uma delas." 
"Ele é o que Elliot chamaria de Deus do Rock: cabelo escuro e despenteado, maçãs do rosto esculpidas, jeans desbotado e botas desgastadas." 

 O problema começa quando ela, por se apaixonar, acabar se esquecendo do seu melhor amigo, que fica muito enciumado, e os dois acabam se afastando. Alguns dias depois ele acaba voltando para a Inglaterra, e ela fica em Nova York, sem ter notícias de Elliot por alguns dias. Depois desse período ela volta para sua cidade, e, depois de uns dias, descobre que o seu maior segredo – seu blog – foi exposto, e todo o seu romance com Noah também. Nesse momento existe um ponto de virada em que ela descobre o segredo do seu "incidente incitante", e os dois terminam, ficando, então, "sem amor ou amigos."

"Noah me abraça e encosta a minha cabeça em seu ombro. O encaixe é perfeito. Nós somos um encaixe perfeito. Isso é tão injusto." 

 Eu me diverti muito lendo esse romance, que tem uma comédia leve, mas bastante presente. A forma como os medos da protagonista são mostrados e superados me surpreenderam, sempre expostos de uma forma que nos faz conhecer um pouco mais sobre sua personalidade e o motivo de ela ser quem é. Os posts do blog que aparecem entre alguns capítulos também são muito bem explorados, falando, as vezes, sobre algo que aconteceu na vida dela e que ela não contou em narrativa. Duas coisas que me incomodaram muito no texto são: o fato de ela falar no blog sobre coisas que pareciam ser bem óbvias que eram ela, e mesmo assim as pessoas não descobrirem – como quando ela diz que vai para Nova York -, e como foi tratado o fato de Elliot ser gay e os pais dele não aceitarem; no mundo em que vivemos, quando esse assunto é colocado em pauta, ele deve ser sempre levado bastante a sério, e não colocado como algo cômico e para resolver brechas – Elliot e Penny não se gostam porque ele é gay.  

Nota: 4,0/5,0

ESPALHA PROZAMIGO:

QUEM ESCREVEU:
\

Post a Comment

 
Back To Top
Copyright © 2014 Armada de Escritores. Designed by OddThemes