NOVIDADES

5.9.16

Asas de Vidro: Elos



Sinopse: “Elaine é uma mulher sóbria e bem-sucedida que vive uma vida dupla. O pai dela foi um dos cientistas que participaram de um projeto biológico secreto do qual se originou uma mutação humana. Anos depois, ela foi inserida nos testes e gerou três bebês descendentes dessa mutação. Dois deles desapareceram ainda na infância, restando-lhe apenas Benjamin.
“Amélia, mais conhecida como Amel, é uma garota cheia de energia que, paradoxalmente, vive na pacata vila de Cacha Pregos. Certo dia, ela vai com Igor, seu melhor amigo, ao lançamento de um livro e, sem motivos aparentes, é convidada para trabalhar na livraria.
“Envolvida na rotina do trabalho, Amel conhece Benjamin, um rapaz misterioso e, assim como os demais funcionários e clientes assíduos da livraria, compulsivo por livros. Logo os dois se tornam amigos e ela começa a notar as singularidades do seu comportamento.
“Mistérios, segredos e intensos conflitos tornarão os relacionamentos entre os personagens dessa história como Asas de Vidro: transparentes e brilhantes, mas frágeis.”

Elos é o primeiro livro da série Asas de Vidro, livro nacional publicado pela Editora Coerência, em 2016. A autora é baiana, e a história se passa quase que toda na Ilha de Itaparica, uma localidade a 292 km de Salvador.
O livro começa com Amel a arrumar-se defronte a um espelho duplo. Avisada pelo melhor amigo, Igor, fica encabulada e sai sorrindo. Do outro lado do espelho, Benjamin, um rapaz esquisito, assiste à cena, encantado.
Benjamin, que tem habilidades sensoriais aprimoradas, escuta Amel dizer a Igor que procura trabalho. Então, o rapaz apaixonado pede a Elaine, sua mãe e dona da livraria, para que a contrate.
Elaine é uma personagem legal, que parece guardar um grande segredo. Adiantando um pouco, até mesmo no final da obra ficamos com a impressão de que ela será crucial nas continuações. Igor também é um personagem interessante.
Em seguida, Ben começa a marcar encontros com Amel, e iniciam um namoro. Igor fica com ciúmes da moça, e nasce um triângulo amoroso. Tanto esse como o amor à primeira vista são clichês batidos, mas deve passar despercebido para fãs do gênero.
Ao longo da história me vi surpreso com as revelações, especialmente com um personagem que na verdade não existia, e a história dos pais de Benjamin.
Não sou fanático por romances românticos. Na verdade, os únicos livros do gênero que adoro são Dom Casmurro e Travessuras da Menina Má, porque não são melosos (quer dizer, o são no momento certo), têm personagens apaixonantes e bem desenvolvidos. Mas quando soube que o livro da Isie Fernandes tinha um lado ficção científica, meu interesse aumentou. E a expectativa foi atendida.
Nesse lado, o livro apresenta elementos convincentes, principalmente quando trata da genética, o que mostra que a autora investiu tempo em pesquisas. As explicações foram breves, entretanto de grande valor para a história. Esse foi o ponto mais alto do livro, o Capítulo 18 por inteiro.
Ah, já ia me esquecendo! O simbolismo das asas de vidro forma um par perfeito com a obra. Foi uma escolha acertadíssima da autora.


Pontos negativos:
É apenas um começo, as cenas de ação ficaram para os volumes seguintes; os personagens não evoluem, começam e terminam o livro com as mesmas características; alguns diálogos soam artificiais.

Recomendo especialmente para quem gosta de histórias de amor adolescente, leves e divertidas com toques de ficção científica. Caso você goste de mutação genética e poderes, talvez a história lhe agrade também.

Nota: 7/10.

ESPALHA PROZAMIGO:

QUEM ESCREVEU:
\

Post a Comment

 
Back To Top
Copyright © 2014 Armada de Escritores. Designed by OddThemes