NOVIDADES

9.9.16

A GUERRA DOS FAE - AS CRIANÇAS TROCADAS

A Guerra dos Fae - As Crianças Trocadas
(Elle Casey)

 

Primeiro livro da série A Guerra dos Fae traz uma premissa interessante mostrando questões de jovens problemáticos, mas transportando para um mundo fantástico.
O livro começa com Jayne em sua rotina na escola junto com seu melhor amigo Tony. Logo nas primeiras páginas, Tony impõe sua decisão de fugir de casa junto com ela. Ele insinua saber que o namorado da mãe de Jayne já teria abusado dela. Isso a surpreende, pois nunca contou a ninguém.
Apesar de parece loucura, Jayne acreditas que no momento era a melhor solução, inclusive porque sua mãe não parecia se importar com ela.
Eles vão para Miami com passagens somente de ida, sem dinheiro e sem um plano específico. Na rua, eles conhecem Jared que os leva a um lugar abandonado onde mora junto com outros cinco adolescentes.
No segundo dia em que Jayne e Tony estão com o grupo,  Spike, interesse amoroso dela), encontra um anúncio dizendo que procuram indivíduos em boa forma para participar de um estudo sobre atividades físicas em grupo e que pagam 500 dólares para aqueles que completarem. Todos eles ficaram interessados, apesar de estranharem o anúncio.
A entrevista inicial teve perguntas estranhas, e nesse momento a história começa a revelar que não beira o mundo natural.
Sete deles são selecionados para os teste, incluindo Jayne e Tony, e aí que a situação fica estranha. Eles são levados para o meio de uma floresta, podendo cada um pegar um tipo de arma disponível e 4 bandeiras com cores individuais. Eles teriam que amarrar suas bandeiras nas balizas pelo caminho e na quarta e última seguirem as instruções finais.
Uma das coisas que intriga a protagonista é que o responsável deixa claro que não há leis enquanto estiverem ali, e no meio de pessoas com histórias desconhecidas, a circunstância assustaria qualquer um.
A cada passo que dão, eles percebem que se meteram em uma enrascada, se deparando com assassinatos e seres sobrenaturais.
O livro não é um Jogos Vorazes, a autora soube misturar a sensação de competição com o desconhecido muito bem. Gostei dos personagens e acho que cada um se destacou por suas características, infelizmente, com exceção da protagonista, pois a quantidade de palavrões que ela solta é desnecessária e interrompia meu raciocínio. Achei que a autora quis forçar a barra para mostrar o como ela era ousada, mas não convenceu, só me pareceu uma adolescente chata.
O final foi satisfatório e com uma grande abertura para a continuação. Eu quero muito ler o segundo livro e conhecer mais esse mundo.


ESPALHA PROZAMIGO:

QUEM ESCREVEU:
\

3 comments :

  1. Eu gosto muito de "A guerra dos FAE". Já li o primeiro e o segundo livros.
    Diferente de você, não achei que os palavrões foram forçados, não: talvez seja porque eu mesma tenha o (mau) hábito de falar palavrões - ou seja, me identifiquei. heheheh

    ReplyDelete
    Replies
    1. This comment has been removed by the author.

      Delete
    2. Pode ser isso rs. Eu não falo, mas lido bem com quem fala. Talvez pela necessidade de me enxergar na história, isso barrava para eu me sentir a vontade.

      Delete

 
Back To Top
Copyright © 2014 Armada de Escritores. Designed by OddThemes