NOVIDADES

5.7.16

COMO CRIAR UM ''BOM'' VILÃO



Hoje a dica é sobre um dos elementos cruciais no desenvolvimento de uma historia. O vilão. Essa figura que geralmente desperta em nós ódio, raiva, medo, entre outros sentimentos nada agradáveis, é uma ferramenta poderosa para tornar sua narrativa extremamente cativante e interessante. O vilão é muito mais do que um ser desagradável com uma vontade incontrolável de estragar o dia do seu protagonista. Abaixo vou listar alguns tópicos com dicas valiosas para você criar um bom vilão. Não bom no sentido de ser uma boa pessoa. Bom no sentido de ser um bom personagem e... aff, deixa pra lá, você entendeu o que eu quis dizer. Vamos aos tópicos.


O QUE MOVE O SEU VILÃO?

 É importante que no decorrer de sua historia você deixe claro as motivações que levam seu vilão a fazer o que ele faz. Se fica implícito que ele faz tantas maldades simplesmente por ser mal, isso vai tornar o personagem muito vazio e pouco convincente. Mostre seu passado, seus traumas, e tudo aquilo que aconteceu em sua vida que o transformou no que ele é. De preferencia não entregue tudo de uma vez. Vá revelando aos poucos e apresente de forma clara quem é esse ser maligno e seus reais desejos. O ideal é criar em seus leitores uma contradição de emoções. Enquanto eles não querem que o personagem seja bem-sucedido em seus planos malignos, eles sentem remorso verdadeiro pela dor e pelos defeitos que fazem com que ele reaja com maldade.

ORIGINALIDADE

  Em um mundo de clichês, originalidade é fator indispensável. Aplicando esse conceito para o nosso assunto de hoje, podemos dizer que seu vilão deve ser diferente de tudo que já existe. É lógico que muitas características acabam sendo comuns a maioria dos vilões, mas é aí que o seu personagem deve apresentar algo novo, que o torna único. Você pode utilizar vários artifícios, desde roupas marcantes até características emocionais, trejeitos, manias ou uma marca que ele deixa em todas as suas aparições. Enfim, seu personagem deve possuir uma identidade que o faça ser lembrado não somente pela sua maldade.

EXISTE REDENÇÃO?

  Nas obras mais célebres da atualidade conhecemos vilões de todos os tipos. Alguns deles, em seus momentos finais, acabam por se arrepender de sua vilania. Um exemplo clássico é o, porque não genial, Darth Vader. Ele que começa sua história, enquanto Anakin Skywalker, como um mocinho que luta pelo bem, acaba sendo levado para o lado negro e se torna o maior vilão de toda a saga. Após anos de atos perversos, ele acaba tendo seu momento de redenção pouco antes de sua morte. Esse conceito nos leva ao fato de que, assim como o vilão não necessariamente nasce mal, ele não necessariamente precisa morrer sendo totalmente mal. O artificio da redenção é interessante e quebra muitas expectativas, mas deve ser usado com sabedoria para que não se torne algo forçado dentro da narrativa.

VILÃO VERSUS PROTAGONISTA

  Essa com certeza é uma das relações mais importantes a serem desenvolvidas na sua historia. O que une o vilão ao protagonista? Porque suas historias se cruzam? Criar o clima deste relacionamento não é fácil. É preciso cautela ao ligar dois personagens tão importantes. Desenvolva encontros marcantes e faça com que o vilão desafie o protagonista aos seus limites, fazendo assim com que ele se desenvolva e cresça em todos os aspectos. Deixe o vilão sempre um passo a frente tanto do mocinho quanto do leitor, podendo assim surpreender ambos. Nos capítulos, deixe pistas que possam ser reunidas no final da historia para revelar segredos que tornem o conflito mais profundo e empolgante.



 Espero que essas dicas lhe ajudem a criar ou melhorar o seu temido vilão. Abuse da sua criatividade sem abrir mão da cautela para desenvolver um personagem capaz de mexer com os sentimentos do seu leitor, deixando aquela dúvida se ele realmente odeia ou se fundo ama aquele ser cheio de maldade e planos nefastos. Espero você na semana que vem. Até lá.

ESPALHA PROZAMIGO:

QUEM ESCREVEU:
\

Post a Comment

 
Back To Top
Copyright © 2014 Armada de Escritores. Designed by OddThemes