NOVIDADES

27.6.16

DEPRESSÃO: O EFEITO COLATERAL DOS CANCELAMENTOS DE SÉRIES



Se você também sofre com o cancelamento de uma série, veio ao post certo.
            Olha ele! Vim para falar desse mal terrível que assombra tantas pessoas e que na última semana me atingiu como uma bola de canhão (embora eu não saiba como é ser tingido por uma realmente).
            Bom, antes de mais nada, quero fazer uma correção ao post anterior. Eu citei como um dos personagens de Penny Dreadful, o Dr. Jenkill. Porém, não é Jenkill, é Jekyll. Não leia meu post com essa cara de diferentão que nunca erra, senhor É Leviôsa e Não Leviaosá. A correção está feita. Desculpem!
            Voltando ao assunto...
            O post da semana passada entrou para a minha lista de casos irônicos que eu já vivi – é óbvio que eu não tenho uma lista assim. Minutos depois de eu divulgar o post “5 Motivos para Assistir e Não Cancelarem Penny Dreadful”, eu recebo a notícia de que a série foi cancelada. Sim, lamentável. Como eu comecei bem minha história nesse site! 
            Até então eu não me lembrava de como era passar por um cancelamento como esse (acho que quando o SBT parou de exibir As Visões da Raven não conta) e eu fiquei chocado com a notícia. Eu chorei. Chorei bastante já e queria assim, que Deus tivesse piedade... Porque, um cara como John Logan, ter a ideia estúpida de acabar com uma série de tamanho potencial... É uma p*ta sacanagem! Quem assiste com toda certeza ficou muito indignado. Até porque não houve nada que nos avisasse que essa era a temporada derradeira. O tal do John até justificou dizendo que se tivesse revelado antes, os fãs ficariam muito sentimentais.
            COMO ELE ACHA QUE ESTAMOS AGORA?!
            É claro que, a série estava passando por problemas com audiência, mas ninguém fica invicto para sempre, não é mesmo? Algumas pessoas especularam dizendo que tudo isso se devia ao fato da nova Preacher, contudo, Penny Dreadful não era uma série que se arrastava com longas temporadas que só mostravam mais do mesmo e se estendia excruciantemente como se não quisesse ter fim.
É, isso é uma indireta.
A impressão que ficou é que eles não revelaram tudo ao espectador, no que se diz respeito a história. Parece que tramas paralelas foram ocultadas e tudo acabou rápido demais.
            Veja bem, é possível pressentir quando uma série vai acabar. A penúltima temporada já diz muito, revela que o fim está próximo. E a segunda de Penny Dreadful terminou dizendo “vamos ficar aqui por um bom tempo”.
Aparentemente eles não cumprem suas promessas.
            Quando uma série é bem produzida, bem escrita, bem interpretada e bem recebida pela crítica, não faz sentido deixá-la tão pequena. Como eu disse, não é estendê-la por 20 temporadas, mas aproveitar o máximo da história. Bates Motel é um ótimo exemplo disso. Não muito longa e também não muito curta. Cinco temporadas e cinquenta episódios, é possível (e o mais certo) que a última tenha somente dez episódios como as anteriores.
            Então quando algo é bem feito, consegue aguentar os trancos e seguir em frente. Estou dizendo isso e citando Penny Dreadful centenas de vezes porque é o que aconteceu na última semana. Porém, todos os anos esperamos receosos aquela lista sinistra de séries que não vão voltar para as telas e isso é assustador.  Algumas com potencial acabam precocemente (já falei de Penny Dreadful?), outras já começam para acabar e tem ainda aquelas que fazem hora extra.
            E nesse momento quando lembro dos personagens nos quais eu me apeguei, que estiverem comigo em vários sábados à noite e durante a semana, tudo o que eu consigo fazer é chorar. Por que eles mereciam um fim muito melhor. Raven, Cory, Chelsea, Eddie... Opa, série errada!
            Vanessa, Ethan, Sir Malcolm, Victor, Dorian, John Clare, Sembene e minha tão adorável Lily... vocês me ensinaram muito, sério. Mostraram que as diferenças não fazem de nós menos humanos, que o bem e o mal disputam nossa alma e só nós podemos decidir quem vence e que a aparência de alguém não diz nada sobre seu coração. Mostraram que errar não faz de você um monstro, cancelar uma série tão espetacular, sim!

            Muito obrigado a todos! Espero que entendam o que eu estou sentido. 


Me sigam no Instagram, Snapchat e no Twitter: billgor_soares
Quanto mais de vocês seguirem, mais produziremos e postaremos coisas sobre esse fantástico universo do qual Armada de Escritores é porta-voz! 

ESPALHA PROZAMIGO:

QUEM ESCREVEU:
\

Post a Comment

 
Back To Top
Copyright © 2014 Armada de Escritores. Designed by OddThemes